11/09/18 | 8:10
Área verde do conjunto Rio Xingu é recuperada e transformada em Parque da Juventude

Semcom

Moradores da zona Oeste da cidade ganharam uma nova opção de esporte e lazer nesta segunda-feira, 10/9, com a inauguração do Parque da Juventude do Conjunto Rio Xingu, localizado no bairro da Compensa, entre a rua Cecília Cabral e a avenida Brasil, pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Totalmente revitalizado, por meio de compensação ambiental, o parque conta com academia ao ar livre, paisagismo, quadra de areia, iluminação a LED e o reforço no plantio de 25 mudas de árvores, das espécies pau-pretinho e pata-de-vaca, além de 600 mudas ornamentais.

“Hoje, entregamos mais um parque da juventude, o sexto da cidade e o quinto em área verde. E entregamos com muita alegria, com muita honra, na certeza de que vamos fazer os manauaras dessa redondeza mais felizes, porque vão ter uma área de lazer a altura das expectativas das pessoas que querem uma vida mais saudável, uma vida com prática de atividade física e uma vida de comunhão”, ressaltou Arthur Virgílio Neto.

No ato de entrega do espaço à comunidade, o prefeito assinou, juntamente com o presidente da concessionária Manaus Ambiental, Renato Médicis Maranhão, o Termo de Convênio de Adoção do parque. Além de ter revitalizado a área, por meio de compensação ambiental, a concessionária também ficará responsável pelos serviços de recuperação e manutenção do parque pelos próximos cinco anos.

“É uma parceria onde nós adotamos um serviço, adotamos essa praça e vamos manter esse local pelos próximos cinco anos. Ter uma área de equipamento público dessas, uma área de convivência da população, onde estamos proporcionando bem-estar, área para praticar exercício, é bom para a nossa integração, para facilitar nosso diálogo e estabelecer uma relação mais próxima com a comunidade”, destacou Renato.

A revitalização da área protegida no conjunto Rio Xingu era uma reivindicação dos moradores e vai beneficiar os bairros adjacentes. A adoção do parque pela concessionária de água é resultado da parceria entre as secretarias municipais de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Unidades Gestoras de Abastecimentos de Água (UGPM Água) e Energia Elétrica (UGPM Energia), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), além da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman).

“A área verde do conjunto Rio Xingu tem 50 mil metros quadrados e 1.200 vão ser dedicados às pessoas que curtem os arredores do bairro Compensa, onde muitas pessoas praticam esporte. Esse espaço é dedicado aos moradores para que, a partir de agora, eles preservem ainda mais essa área verde tão bonita que existe aqui dentro do conjunto Xingu”, comentou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Júnior.

Para os moradores, o parque vai ser um novo ponto de encontro. Eles também estão cientes de que não basta apenas usar, mas é preciso ajudar a conservar o local agradável, como destacou o montador de móveis Paulo Lopes. “Agora é zelar pelas coisas que eles estão nos dando. Precisávamos desse parque aqui na Compensa, agradecemos muito ao prefeito por ele ter nos dado essa atenção. Vai ser muito bem cuidado”, observou.

Outros parques

Os outros quatro parques da juventude instalados em áreas verdes de Manaus estão distribuídos da seguinte maneira: um no conjunto Campo Dourado, na Cidade Nova, zona Norte; dois no Loteamento Nascentes das Águas Claras, Novo Aleixo, também na zona Norte; e um no conjunto Castelo Branco 2, no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul. Até o final do ano, a Prefeitura de Manaus estará finalizando os estudos para a implantação de outros dois parques da juventude – no núcleo 15, do conjunto Cidade Nova, zona Norte, e no conjunto Hileia, na zona Centro-Oeste. Estudos também estão em andamento sobre a viabilidade de implantação dos parques da juventude nos conjuntos Renato Souza Pinto e Águas Claras 1.

“Esse é o segundo Parque da Juventude com parceria e, hoje, a Manaus Ambiental vem somar para que possamos garantir por cinco anos, podendo ser renovado por mais cinco, a manutenção de todos os equipamentos que aqui estão, trazendo qualidade de vida para a população, embelezamento para a cidade e nos permitindo buscar novos parceiros e mais investimentos para Manaus”, ressaltou a secretária da Semppe, Maria Josepha Chaves.

Critérios

A Semmas realiza os levantamentos para identificar áreas verdes de conjuntos habitacionais que ainda estão preservadas, em sua totalidade ou parcialmente, para a implantação dos parques da juventude. A estratégia aproxima a população das áreas verdes, melhorando a qualidade de vida dos moradores do entorno e assegura maior proteção ao espaço.

As intervenções realizadas obedecem a critérios legais estabelecidos em legislações existentes, a exemplo da Resolução 100/2006, do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (Comdema), que prevê a implantação de áreas de lazer em áreas verdes, respeitando o limite máximo de 25% de impermeabilização do solo, e os conceitos de área verde estabelecidos pelo Código Ambiental do Município, Lei 605/2001, e o Código Florestal (Lei 12.651/2012), segundo os quais as áreas verdes são espaços especialmente protegidos que têm por finalidade proporcionar a melhoria da qualidade de vida da população e das condições ambientais urbanas, além de garantir espaços destinados à integração, recreação ou lazer da comunidade.

Áreas Verdes com Parques da Juventude

– Conjunto Campo Dourado: 21 mil m2

– Conjunto Loteamento Águas Claras (1 e 2): 7.329,36 m2

– Conjunto Castelo Branco 2: 9.916 m2

– Conjunto Rio Xingu: 50.726 m2