20/01/11 | 14:26
Atendendo à população, Prefeitura executa demolições de obras irregulares

O bairro Monte das Oliveiras recebeu, nesta quinta-feira (20), ação resultante da solicitação de moradores durante audiência pública no Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb). Dois muros construídos irregularmente e que obstruíam a passagem de pedestres na calçada da avenida Samaúma foram demolidos. Um deles possibilitava até mesmo o uso de uma calçada como banheiro a céu aberto.

Crianças de escola próxima que diariamente transitam pela avenida eram, segundo denúncia, as mais prejudicadas pelos muros. As edificações as forçavam a disputar espaço com os veículos na pista de rolagem.

Exceto os problemas de livre fluxo no passeio público, a comerciante Maria Antonieta Mota Moraes, 58, levanta outros problemas decorrentes da construção de um dos muros. Edificado ao lado de um bar, segundo ela, a obra dava ‘guarita’ para que os frequentadores utilizassem o lado do comércio dela como banheiro.

“Eles impedem a calçada e ainda tiram nossa paz. Cansei de acordar com minha calçada tomada por detritos fecais que eles deixam durante a noite. Se escondem no muro e não se importam com o outro lado. Até ponto de marginais este canto já virou. Não sabem o quanto eu desejava uma ação como esta aqui”, desabafa.

Outras solicitações da comunidade ainda foram atendidas pela equipe de fiscalização do Implurb na manhã desta quinta-feira.

Implurb volta ao Parque São Pedro

Após dar, no último domingo, prazo de 48h para a demolição de um baldrame edificado em área de APP, a Prefeitura de Manaus voltou à rua Santo Antônio, na comunidade Parque São Pedro, no Tarumã, para constatar se a irregularidade havia sido corrigida. Em retorno, fiscais do Implurb verificaram o aumento de volumetria na obra e tiveram que executar a demolição.

A área é destinada a construção de área de lazer aos moradores do bairro e no momento da visita sediava até mesmo a montagem de um parque de diversões. Instalado irregularmente no local, o responsável pela atividade foi notificado ainda na última quarta-feira (19) para paralisar o processo e comparecer ao Instituto para regularização. Optou por desobedecer a ordem e foi autuado por atividade econômica irregular.

Assessoria de Imprensa do Implurb

Marília Pimenta

8842-1396 / 3625-6287

Secretaria Municipal de Comunicação – Semcom

Contato: 3625-6908

semcom@pmm.am.gov.br