18/04/17 | 16:13
Em menos de uma semana, Manôbike tem quase 2 mil cadastros

manobike

Nos cinco primeiros dias de lançamento do sistema de bicicletas compartilhadas em Manaus, o Manôbike já tem números bem animadores comparados com outras cidades brasileiras onde o projeto já está implantando. Na capital amazonense, o sistema foi inaugurado no último dia 12/4, no Mercado Municipal Adolpho Lisboa.

De 12 a 16 de abril, segundo dados da empresa Samba/Serttel, Manaus registrou uma média de 6,2 viagens por estação, estando à frente de cidades como Belo Horizonte (Bike BH), com 5,5 viagens/estação, Belém (Bike Belém), com 5,2 viagens/estação, e Pernambuco (Bike PE), com 3,9 viagens/estação.

No período, foram realizados 1.827 cadastros no site e aplicativo (disponível para IOS e Android) e o total de viagens realizadas foi de 342, sendo as estações mais procuradas a da Praça do Congresso (70 retiradas), a do Teatro Amazonas (69), na rua 10 de Julho, a da Praça Heliodoro Balbi (49) e o Parque Jefferson Peres (47).

Os dias de maior movimento nas estações foram de sexta a domingo de Páscoa. Dia 14, foram 92 retiradas, seguida de 96, no sábado, e 88 no domingo.

Para o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), engenheiro Claudio Guenka, o sistema traz um saldo bem positivo quando a população compreende o seu uso enquanto ferramenta para o seu trabalho, modal e para atividades de lazer, com crianças e a família, ou turístico, passando por pontos ícones da cidade.

“A aceitação foi muito positiva de quem usa a bike para transporte e lazer. O saldo negativo foi do vandalismo que registramos, de pessoas que não se preocupam em preservar o bem para a cidade, que é para todos. O Manôbike é um projeto que pertence à população, sem ônus para a Prefeitura de Manaus e com a perspectiva de ampliação do modal será gradativa com as ciclorrotas”, explica Guenka

Vandalismo

Casos de vandalismo foram registrados em 4 estações, totalizando 16 unidades, sendo a maioria casos de retrovisores quebrados (10), tendo ainda duas situações com selin e canote roubados, duas avarias na fiação dínamo, um pneu furado e um guidom quebrado.

A empresa operadora do sistema informa que denúncias podem ser feitas imediatamente à Central de Atendimento ao Cliente pelo número 4003-0387, para que seja acionada a assistência técnica local. Nos casos ocorridos, a operadora já está atuando para reparar os danos causados. O custo médio da operação em Manaus, incluindo manutenção, é de R$ 10 mil.

“A Prefeitura de Manaus, por determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, está implantando inovações na cidade, mas é preciso apoio de todos. Não gostaríamos, na verdade, que nenhuma bicicleta fosse danificada. É um tipo de equipamento urbano que não precisa de vigilância”, ressaltou o diretor-presidente.

O projeto

Com o lançamento do Manôbike, a Prefeitura de Manaus, por meio da política pública de mobilidade e transporte defendida pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e o vice-prefeito Marcos Rotta, aumenta o incentivo a meios não poluentes e que visam a melhoria na qualidade de vida dos cidadãos.

A Samba é a responsável pela implantação, operação e manutenção do sistema e assinou Termo de Cooperação com a Prefeitura, após sair vencedora do edital de Chamamento Público lançado pelo Implurb.

Manaus tem 11 estações em operação. As estações, inclusive, estão localizadas em lugares emblemáticos da capital, como o próprio mercado, a centenária avenida Eduardo Ribeiro, Igreja N.S. dos Remédios, Praça do Congresso, Beneficente Portuguesa, citando alguns.

O sistema funciona de segunda-feira a domingo, das 6h às 23h, para retirada do equipamento, e 24h/dia para devolução. As bicicletas, cujo sistema é alimentado por energia solar, são 100% nacionais. Manaus tem 110 bikes disponíveis para as 11 estações, mas a rede poderá ser ampliada futuramente, conforme demanda. O Termo de Cooperação tem prazo de 36 meses e não há ônus para o Município.

Como funciona?

Após cadastro no aplicativo e/ou no site (www.manobike.com.br), o usuário da Manôbike terá a opção de adquirir o passe mensal (R$ 10) ou diário (R$ 5), e não paga valor adicional desde que use de acordo com as regras do projeto. De segunda a sábado, o uso pode ser de 60 minutos ininterruptos, quantas vezes por dia o usuário desejar, desde que respeite o intervalo de 15 minutos entre as viagens. Aos domingos e feriados, o uso passa a ser de 90 minutos.

As estações da Manôbike funcionarão alimentadas por energia solar e são interligadas via sistema de comunicação sem fio, redes 3G e 4G, permitindo que estejam conectadas 24 horas por dia.

Campanha

Antes da inauguração do Manôbike, a Prefeitura, em parceria com diversos grupos de pedais, lançou a campanha publicitária “No Trânsito eu Compartilho Respeito”, em fevereiro, amplificando a sensibilização de motoristas em relação aos ciclistas, que podem e devem compartilhar a mesma via.

A campanha está no ar e tem longa duração, envolvendo vários personagens reais nas peças e filmes, e agora se junta ao material de divulgação do Manôbike.

As estações estão instaladas nos endereços:

Nº da Estação Estação Logradouros
1 Colégio Militar Rua Luiz Antony, em frente ao número 357 / Esquina com a Rua Alexandre Amorin
2 Praça do Congresso Rua Ramos Ferreira, em frente ao Instituto de Educação do Amazonas e Praça do Congresso
3 Beneficente Portuguesa Rua Joaquim Nabuco, em frente ao Hospital Beneficente Portuguesa / Esquina com a Rua 10 de Julho
4 Teatro Amazonas Rua 10 de Julho, no Largo São Sebastião / Esquina com a Rua Costa Azevedo
5 Galeria Espírito Santo Rua 24 de Maio, em frente a Espírito Santo Galeria Popular / Esquina com a Rua Joaquim Sarmento
6 Praça Dom Pedro II Rua Bernardo Ramos, lateral do Museu Paço da Liberdade / Esquina com a Rua Gabriel Salgado, próximo a Praça Dom Pedro II
7 Praça da Matriz Avenida Eduardo Ribeiro, em frente ao número 341 (Loja C&A) / Esquina com a Avenida 7 de Setembro
8 Praça Heliodoro Balbi Avenida Floriano Peixoto, em frente ao Museu / na Praça Heliodoro Balbi
9 Mercado Municipal Avenida Marquês de Santa Cruz, em frente ao Mercado Municipal / Esquina com a Rua dos Barés
10 Igreja Nossa Senhora dos Remédios Rua Miranda Leão, próximo a Praça dos Remédios / Esquina com a Rua Coronel S Pessoa
11 Parque Jefferson Péres Parque Jefferson Péres, na Rua Lima Bacuri, próximo ao acesso ao 24º DIP /  Esquina com a Avenida Manaus Moderna