02/10/19 | 13:37
Nos 350 anos de Manaus, obras da prefeitura promovem resgate do patrimônio histórico

Quatro grandes obras que resgatam o patrimônio histórico da cidade estão em execução pela Prefeitura de Manaus em homenagem aos 350 anos da cidade, comemorados no dia 24 de outubro. Além de uma programação cultural especial, o prefeito Arthur Virgílio Neto organizou um ousado pacote de projetos para melhorar áreas essenciais do município, como saúde, educação, infraestrutura e a revitalização do centro histórico.

“Uma cidade não pode planejar o seu futuro se não valorizar o seu passado. O resgate do Centro Histórico de Manaus é um sonho para mim e para a população, ver prédios importes recuperando sua pujança arquitetônica e, ao mesmo tempo recebendo modernas instalações. É, sem dúvida, um belo presente para a cidade”, destacou o prefeito Arthur Neto.

As obras de restauro da Biblioteca Municipal João Bosco Evangelista, Pavilhão Universal, antiga Câmara Municipal e hotel Cassina integram o programa “Manaus Histórica”, realizado com recursos da administração municipal. Os serviços de construções, reformas e restauros foram aprovados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), devidamente licitados e são coordenados pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“É uma determinação do prefeito que possamos elaborar e executar os projetos para que a população volte a se reencontrar no centro da cidade”, salientou o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka.

A Biapó Construtora foi a vencedora das licitações. Com foco em restaurações artísticas, a empresa tem preocupação com o humano e a história presentes nas cidades onde atua.  “Somos uma empresa especializada em restauro e temos a preocupação de capacitar os funcionários, dando treinamento específico na área de restauro, para que eles conheçam a história da edificação, os detalhes típicos para cada obra”, contou o engenheiro da Biapó, Jackson Veloso.

Biblioteca Municipal

Com mais de 30% de serviços concluídos, a biblioteca está prevista para ser entregue em fevereiro de 2020. O antigo sobrado de características ecléticas do início do século 20, onde funcionou o Laboratório da Liverpool School of Tropical Medicine, atualmente está na fase de finalização de recomposição e restauro do madeiramento da cobertura, para recolocação das telhas cerâmicas tipo marselha.

Estão sendo resgatadas características arquitetônicas do prédio, que terá adaptação ao ar moderno do século 21, incluindo sala de projeção, área de acervo em braile, um café-boxe para atendimento aos frequentadores e itens específicos de acessibilidade, como elevador, piso tátil e banheiros para portadores de necessidades especiais.

Pavilhão Universal

Após sua conclusão da reforma, o Pavilhão Universal funcionará como um Centro de Atendimento ao Turista (CAT). A edificação é uma referência ímpar da arquitetura de ferro da Belle Époque, período áureo da cidade de Manaus. O restauro desse monumento vai resgatar elementos existentes na edificação, em 1975, quando a estrutura do Pavilhão estava implantada na Praça Adalberto Vale. Hoje, a obra está em fase de tratamento e montagem da estrutura metálica.

Antiga Câmara

Construído na década de 1880, o espaço vai funcionar como Centro de Arqueologia de Manaus. O prédio encontra-se na área de influência de um dos mais importantes sítios arqueológicos do município, o Sítio Manaus. O futuro centro vai absorver uma alta demanda em razão da escassez de instituições de guarda para acervos de arqueologia, sendo capaz de desenvolver pesquisas e acolher os acervos de testemunhos da cultura material, que surgem por todo o território para além do município, nos inúmeros sítios arqueológicos que são localizados, a cada intervenção no subsolo.

Iniciada em julho passado, os trabalhos hoje se concentram em desobstrução dos porões para que possa ser devolvida a originalidade dos ambientes da edificação.

Hotel Cassina

A intervenção proposta pela equipe de arquitetura e urbanismo da prefeitura é criar um imóvel resolutamente contemporâneo em harmonia com o patrimônio, o legado e o seu passado. A ideia é transformar o local na sede do Polo Tecnológico de Manaus. A obra de restauro prevê a conservação das fachadas e da exuberância da vegetação na parte inferior, além da inserção de uma estrutura central e independente, que permite suspender os pavimentos superiores acima do volume existente, sem interferir na estrutura antiga.